colunas
 
Page 12 of 16« First...«1011121314»...Last »

Agosto – mês vocacional!

Autor: pascom | julho 29, 2010

Neste mês de agosto estamos com os olhos fitos e corações inclinados para as vocações. E é naturalmente interessante recordar o significado do termo vocação – VOCARE – que em sua origem latina, quer dizer chamado.

Partindo desta recordação etimológica, nos dispomos caminhar em buscar de compreender a vocação que o Senhor plantou em cada terreno do coração humano.

Vocação não é privilégio, nem imposição ou destino, mas uma escolha de Deus e uma decisão humana. É uma manifestação do amor de Deus que inspira, interpela, aponta rumos, orienta, conduz. Deus chama o homem para participar da sua obra criadora.

Hoje Jesus chama muitos jovens e muitas jovens ao seu seguimento.

Ele chama pelo nome, “Segue-me”, talvez muitos se desculpem, mas Jesus continua a insistir: “Segue-me, eu preciso de ti”.

Qual será a sua resposta?

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Formação, Jovem na Igreja | Sem comentários »






Dinheiro de Sangue

Autor: pastoral da crisma | julho 28, 2010

???”Dinheiro de sangue” (Bloodmoney) um documentário que expõe a verdade por trás da indústria do aborto, a partir de uma perspectiva pró-vida.

“Tínhamos todo um plano para vender abortos, e se chamava “educação sexual”: quebrar a inocência natural das meninas, separá-las de seus pais e de seus valores, e tornarmo-nos os “experts” em sexo para elas, de modo que elas nos procurassem”, é o que diz uma ex-funcionária da Planned Parenthood (rede de clínicas de aborto nos Estados Unidos). “Nossa meta [na Planned Parenthood] era 3 a 5 abortos para cada menina entre as idades de 13 a 18 anos”.

Esse filme provavelmente é o primeiro documentário profissional sobre a história, a política, o dinheiro e os horrores associados à indústria do aborto nos Estados Unidos. Como vocês podem adivinhar, o pessoal na Planned Parenthood e todo o pessoal pró-aborto não está nada feliz com o lançamento desse filme. Já começam a se organizar protestos e os donos de cinema se encontram relutantes em exibi-lo.

Convidamos você a dar uma olhada nesse trailer. Esperamos que Dinheiro de Sangue possa ter a divulgação merecida, e quem sabe possa estar em algum cinema perto de você.

E em ano eleitoral, vamos analisar bem partidos e candidatos, e votar em candidatos comprometidos com a vida, para que o aborto não seja descriminalizado no Brasil.

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Atualidades, Dicas de Filmes, Vida, Vídeos | Sem comentários »






Dia dos Avós

Autor: pastoral da crisma | julho 26, 2010

Comemora-se o Dia dos Avós em 26 de julho, e esse dia foi escolhido para a comemoração porque é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Século I A.C. – Conta a história que Ana e seu marido, Joaquim, viviam em Nazaré e não tinham filhos, mas sempre rezavam pedindo que o Senhor lhes enviasse uma criança. Apesar da idade avançada do casal, um anjo do Senhor apareceu e comunicou que Ana estava grávida, e eles tiveram a graça de ter uma menina abençoada a quem batizaram de Maria. Santa Ana morreu quando a menina tinha apenas 3 anos. Devido a sua história, Santa Ana é considerada a padroeira das mulheres grávidas e dos que desejam ter filhos. Maria cresceu conhecendo e amando a Deus e foi por Ele a escolhida para ser Mãe de Seu Filho. São Joaquim e Santa Ana são os padroeiros dos avós.

O papel dos avós na família vai muito além dos mimos dados aos netos, e muitas vezes eles são o suporte afetivo e financeiro de pais e filhos. Por isso, se diz que os avós são pais duas vezes.

As avós são também chamadas de “segunda mãe”, e muitas vezes estão ao lado e mesmo à frente da educação de seus netos, com sua sabedoria, experiência e com certeza um sentimento maravilhoso de estar vivenciando os frutos de seu fruto, ou seja, a continuidade das gerações.

Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida, reconhecer o valor da sabedoria adquirida, não apenas nos livros, nem nas escolas, mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza.

Aproveite esta data para mandar uma mensagem de carinho aos queridos vovô e vovó e dizer o quanto você os ama. E àqueles cujos avós já faleceram, faça uma prece especial por eles, e lembre-se com carinho de momentos felizes de suas vidas.

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Curiosidade | Sem comentários »






A Corrente do Bem

Autor: pastoral da crisma | julho 24, 2010

A Corrente do Bem é uma produção  de sucesso do ano 2000 que vale a pena assistir, com Kevin Spacey, Helen Hunt e Haley  Joel Osment (Sexto Sentido).

Eugene Simonet (Spacey) é um professor de Estudos Sociais que em todo início de ano letivo propõe um desafio às classes: observar o mundo à sua volta e consertar o que não gosta. Ele nunca achou que algum de seus alunos pudesse levar a sério, até ouvir a ideia de Trevor (Osment, que aos 12 anos dá um banho de interpretação). O garoto propõe uma espécie de corrente da caridade: cada um faz um favor a três pessoas e cada uma dessas três faz caridade a mais três, e assim por diante.

Trevor resolve colocar seu projeto em prática, a começar por sua mãe, Arlene (Helen), alcoólatra que mantém dois empregos para sustentar o filho. O que o menino não esperava é que a corrente fosse chegar tão longe, a ponto de um repórter seguir o rastro da corrente até encontrar Trevor.

Com uma belíssima mensagem sobre amor e caridade, A Corrente do Bem fascinou e derrubou lágrimas de milhões de espectadores ao longo desses 10 anos.

Assista ao trailer (em inglês).

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Amor, Dicas de Filmes, Vida, Vídeos | 1 Comentário »






A procura de um amor

Autor: pascom | julho 23, 2010

Todos nós procuramos o grande amor de nossas vidas, uma busca que começa na adolescência e só acaba sabe Deus quando.
Está intrínseco no ser humano: “Não é bom que esteja só”. Foi essa declaração que Deus deu para Adão e parece que se repete na grande maioria da raça humana.

“Segredos” é uma das músicas que mais gosto do Frejat, ainda mais com esta animação. O que mais gosto na letra é que ela reflete claramente o grande erro que a gente comete na busca desse amor.
Demoramos a entender que o amor é uma estrada de mão dupla e que só colhe quem planta. “Procuro um amor que seja bom pra mim” é o pensamento de colher o que não se plantou, e quem não planta nada, só colhe vento.
Como é triste ver jovens novos frustrados nessa área. Estão tão insatisfeitos porque só pensam em si mesmo, no seu prazer, pois no amor só encontraram o vento porque não semearam nada. Este é um princípio bíblico (Gálatas 6, 9), um princípio da vida, é um princípio do namoro e do casamento.
Mas você pode perguntar: Como se semeia o amor? Que semente é esta? Está no verso anterior (Gálatas 6,2), servindo ao próximo e amando a Cristo.
Se entendermos que para sermos felizes devemos primeiro fazer o outro feliz, então estaremos semeando a mais poderosa semente. Encontraremos pessoas ao nosso redor felizes e elas farão de tudo para nos ver feliz também. E aí então abrirá espaço para a árvore do amor.
Quem sabe “numa fila de cinema, numa esquina ou numa mesa de bar” você vai encontrá-la(o). E o que é mais bonito é que as feridas dessa vida ela(e) não fará você esquecer e sim vai ajudar a cicatrizá-las, pois este amor é diferente de todos que você já encontrou. Os seus segredos serão respeitados, não apenas porque você a(o) trata bem, mas porque ela(e) te ama.
Foi assim com o mestre. Cristo semeou e nos amou, e isso brota em nós uma vontade de amá-lo e servi-lo. Da mesma forma que ele nos amou, devemos amar o próximo (Jo13, 34), e principalmente, a pessoa com a qual queremos viver o resto de nossas vidas.
Que nós jovens possamos cantar: procuro um amor que eu possa completá-la(o) e que assim eu seja completo(a).

Marcos Botelho – Fonte: http://sexxxchurch.com/

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Amor | Sem comentários »






Coral Filhos de Maria Imaculada lança cd

Autor: pastoral da crisma | julho 22, 2010

O Coral Filhos de Maria Imaculada lançará, no dia 25 de julho, o primeiro cd do grupo. O título deste trabalho é “A missa – O grande encontro”, e conta com a participação especial do Padre Pedro Graciano Júnior.

O lançamento será nas missas das 11h e das 19h, na Igreja Matriz, e parte da renda será destinada à Creche Cantinho da Providência.

O Coral Filhos de Maria Imaculada nasceu em maio de 2002, e partiu da necessidade de formar um grupo de música para a celebração da missa das crianças aos domingos. A pedido do Padre Pedro, os trabalhos foram iniciados na época com cerca de 15 crianças com idade de 8 a 10 anos. Hoje o grupo conta com 20 crianças e adolescentes e tem a coordenação de Cristiane Celly, Cleusa e Fábio Lúcio.

Apóie esta ideia!

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Paróquia Imaculada Conceição | 4 Comentários »






O mais importante é o amor

Autor: pascom | julho 21, 2010

Podemos dizer que nos dias de hoje é a maior carência do mundo. Percebemos a falta do amor nas famílias e nos matrimônios. É como uma plantinha que precisa ser regada a cada dia até ela se fortalecer mais. Marido e mulher se unem pelo sacramento do matrimônio, para viverem suas diferenças juntos, numa só carne, dano mutuamente carinho, encontramos tempo para estar mais próximos de Deus. Sabemos que Deus é Amor, é porque estamos carentes de Deus. O tempo é precioso demais, então precisamos reformula-lo, “buscando em primeiro lugar o Reino de Deus e tudo nos será acrescentado”.
Falar amor é algo muito subjetivo. Não amamos nossos esposos e esposas como amamos nossos pais e familiares, por isso os gregos separam o amor em 3:
Amor Filos, Amor Eros e Amor Ágape, que é o Amor de Deus, o amor que tudo suporta, tudo perdoa, um amor misericordioso, o verdadeiro amor! Temos que aprender a toda hora a estar junto de Deus sempre nos quer sorrindo. Dê todos os dias um presente a quem você ama: diga sempre que o ama”
A cada dia agradeçamos a Deus o dom da vida e peçamos para jorrar o Espírito Santo em nós a toda hora, para enfrentarmos os bons e os maus momentos, sempre com amor!
Amor a todos!

Reinor Francisco e Márcia Saletti – Revista Ave Maria junho/2010

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Amor | Sem comentários »






Consciência política: número de adolescentes eleitores dobra em São José dos Campos

Autor: pastoral da crisma | julho 18, 2010

O número de jovens entre 16 e 17 anos que pretendem votar aumentou 100% de 2009 a 2010 em São José dos Campos. Eles não são obrigados a participar da eleição, mas fazem questão de ir às urnas este ano.

Este ano, 4.883 jovens entre 16 e 17 anos tiraram o título de eleitor na cidade. Um aumento de mais de mais de 13% em comparação com o número de jovens que fizeram o título em 2008, ano da ultima eleição.

São José dos Campos está entre os dez maiores municípios do estado de São Paulo em número de eleitores. Em 2010, os jovens representam pouco mais de 1% do eleitorado da cidade. Em porcentagem, esse número pode até ser pequeno, mas na prática ele é bastante significativo.

“Isso mostra que alguma coisa está acontecendo, alguma coisa causou esse aumento de interesse dos jovens de ir buscar o seu título eleitoral e de poder votar pra tentar participar da eleição. Até porque essa próxima eleição é uma eleição presidencial que interessa a todos nós“, explicou o juiz eleitoral, Carlos Gutemberg.

E eleição para eles significa mudança. É a oportunidade de com um simples gesto, tentar arrumar o que acham que está errado. “O jovem tem que se conscientizar hoje em dia que é ele mesmo quem vai dar o pontapé inicial pro futuro dele. Acho que começa com cada um passar isso pra frente, conscientizando todos que estão ao seu redor“, disse William Renan, de 16 anos.

Fonte: VNews

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Atualidades | 1 Comentário »






Conversar faz bem!

Autor: pascom | julho 15, 2010

Frequentemente ouvimos amigos nossos nos contarem a surpresa que experimentaram ao conversar com pessoas sobre as quais, interiormente, tinham feito antes juízo de menor valia. Contam, empolgados, com brilho nos olhos, que foram verdadeiras revelações.
Faça um teste. Comece a falar com um desconhecido(a) a seu lado. Pode ser sobre o tempo, sobre o aperto das poltronas dos ônibus, sobre a necessidade de abrir uma fresta da janela – mesmo em dia de chuva -, sobre a “arrancada” ou a freada que o motorista deu, etc.
Na maioria dos casos, há conversas inimagináveis que, quase sempre, terminam com uma amizade ali nascida e que se manterá em outras viagens. Aprendem-se receitas, trocam-se experiências e patenteiam-se caminhos nunca antes imaginados.

Por que isso acontece?
Porque a comunicação nos humaniza, nos aproxima. Quando você fala com o outro, aceita descobrir riquezas ocultas e crescer como pessoa.
Jesus foi o grande comunicador. Enviado pelo Pai, baixou, humilhou-se, tornando-se um de nós, humanizando-se. Como gostava de se entreter com as pessoas e dignificá-las com sua atenção. Brincava com as crianças, entendia os jovens, perdoava os pecadores e dirigia-se aos doentes.
Suas falas começavam por assuntos bem simples e tudo era pretexto para Jesus conversar. Rendia-se ao argumento do outro, deixava o outro falar e acompanhava com atenção seu raciocínio.
Conversar faz bem às duas partes. Depois de um embaraço inicial compreensível, as idéias vão surgindo de nosso interior, brotam lembranças, pululam fatos e vivências esquecidas. Como é bom abrir-se, comunicar-se, aproximar-se, encarnar-se como fez entre nós o Filho de Deus.
Adelino Dias Coelho – jornalista – Revista Ave Maria – Julho/2010

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Curiosidade | Sem comentários »






Shrek para sempre

Autor: pastoral da crisma | julho 13, 2010

Muita gente já disse: “Shrek já deu o que tinha que dar”. Mas pelo trailer a franquia do ogro rabugento parecia que ia, pelo menos, encerrar com chave de ouro, ou até mesmo ganhar novo fôlego com este quarto e último longa. O ótimo roteiro de Josh Klausner – que já tinha escrito Shrek Terceiro (2007) – e Darren Lemke aborda o famoso what if (e se)… Após resgatar a princesa na torre e vencer seus inimigos, Shrek se casa com Fiona, a nova ogra do pedaço, e vivem felizes para sempre. Têm três adoráveis(?) filhos e uma linda vida em família, com visitas diárias do Burro e de seus filhos – metade burros, metade dragões.

O problema é que Shrek sente falta do tempo em que assustava os moradores dos vilarejos e do Reino de Tão Tão Distante, quando era caçado em troca de uma recompensa real. Cansado da rotina de uma vida de pai, marido e amigo, o ogro assina um contrato com um mágico muito do salafrário, que lhe concede um dia livre de compromissos, como era antigamente, em troca de um dia qualquer de sua vida. Sem ler as pequenas letrinhas do documento, Shrek nem se dá conta de que Rumpelstiltskin (que nominho complicado) quer, na verdade, deletar o dia em que o ogro nasceu, para assim evitar que alguém tivesse salvado a princesa e se tornar o novo Rei de Tão Tão Distante.

E se Shrek e Fiona nunca tivessem se conhecido? Quando Shrek percebe a besteira que fez, precisa anular o contrato, mas só com um beijo de amor verdadeiro poderá fazê-lo. Para isso, terá que reconquistar Fiona numa espécie de universo paralelo, no qual eles não se conhecem e ela é uma guerrilheira da resistência dos ogros contra o maquiavélico Rei Rumpelstiltskin. Mas, além de reconquistar o amor de sua vida, Shrek também precisará reconquistar a amizade do Burro e do Gato de Botas, peças fundamentais na luta contra a tirania do melhor vilão dos quatro filmes. O Biscoito e o Pinóquio também voltam com participações hilárias. Shrek Para Sempre faz juz à franquia que revolucionou os filmes de animação. E o melhor, com tecnologia 3D.

Compartilhe nas redes sociais:
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • PDF
  • Twitter
  • Yahoo! Bookmarks

Incluído na Coluna: Dicas de Filmes, Vídeos | 1 Comentário »







Page 12 of 16« First...«1011121314»...Last »

 
 
 
 
 
PARÓQUIA IMACULADA CONCEIÇÃO - JACAREÍ - SP - BLOG JOVEM 2010 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Website by Abstrato | Este web site é melhor visualizado em 1280x1024px
Utilize os navegadores: IE 8.0, Mozilla 3.5 ou Google Chrome 3.0 - Pode Haver erros em navegadores anteriores.